fbpx

Veneno Para Rato

Anúncio
Loading...
()

Ratos, Ratazanas e Camundongos… como controlar essas pragas?

Infelizmente estes roedores são “eternos companheiros” dos homens, ou seja, onde há pessoas, também encontraremos ratos.

A presença deles se tornou comum em áreas urbanas e rurais. Em busca de alimento se abrigam nos mais variados lugares e se multiplicam rapidamente, formando grandes colônias. Mas como controlar usando veneno para rato?

O controle de ratos em geral depende de alguns fatores importantes como a remoção de alimento e água (que se encontram “disponíveis” para eles) e eliminação de abrigos em geral.

Anúncio
Loading...

A utilização de raticidas deve ser feita em seguida, porém com muita atenção e prudência.
Os roedores em geral são pragas que possuem a capacidade de associação. Quando encontram um alimento novo, seja ele veneno ou não, os primeiros roedores consumirem são os ratos fracos e doentes da colônia, se nada acontecer à eles os demais irão consumir também. Caso contrário o alimento e/ou veneno é rejeitado pelos roedores.

Os raticidas permitidos no Brasil são os de ação anticoagulante: derivados da cumarina (warfarin, brodifacum, bromadiolona) e os derivados da Indandiona. Após o consumo do produto, a morte do roedor se dá entre 3 a 5 dias. Neste período de tempo , os roedores não conseguem assimilar a morte ao consumo do veneno, o que faz o produto apresentar bons resultados no controle .
Porém é necessário muita cautela no momento de comprar um veneno para rato, pois existem no mercado informal, alguns raticidas ilegais e muito mais perigosos, compostos por Estricnina; Fluoroacetato de sódio; Chumbinho (Carbamato), entre outros produtos tóxicos. Estes raticidas além de matar os ratos, são prejudiciais para animais e seres humanos, se ingeridos acidentalmente podem causar alterações digestivas, agitação e até levar à morte. Raticidas clandestinos NUNCA devem ser utilizados.

Atualmente no mercado existem alguns tipos de raticidas, devidamente legalizados e registrados, para controle de roedores, são eles:

Iscas Pelletizadas

O veneno para rato Isca Pelletizada é produzido através de grãos de cereais inteiros, quebrados ou moídos, sua produção é semelhante à ração animal, porém em tamanho menor. As iscas pelletizadas geralmente são muito atrativas ao paladar dos roedores por seu tamanho, forma e dureza. Quanto maior o mix de cereais na formulação, maior a atratividade.
Este tipo de veneno para rato, pode ser utilizado em ambientes internos e externos, porém é recomendado que seja utilizado em conjunto com caixas porta-iscas, que servem para proteger o raticida do acesso de pessoas e animais, evitar que o mesmo se espalhe no ambiente e proteger da umidade, pois as iscas pelletizadas se deterioram rapidamente quando expostas à umidade, perdendo sua atratividade e eficácia.

Bloco Parafinado

Ao contrário das iscas em forma de pellets, o veneno para rato em forma de bloco parafinado é mais resistente à umidade, podendo ser instalado em áreas externas. Isso se deve ao fato destes blocos serem compostos por cerca de 15 a 40% de parafina, misturada com cereais moídos ou inteiros. Podem ser fabricados em diferentes formatos, porém o mais comum é em forma de quadrado com um furo no centro, que permite que o bloco seja amarrado em diferentes locais onde o acesso é um pouco mais difícil, como telhados , montes de lenha ou pedra (em caso de áreas rurais) , etc.
E sempre que possível , estes blocos também devem ser utilizados em caixas porta-iscas, a maioria destas caixas já são fabricadas com uma pequena barra de ferro para a fixação do bloco, permitindo que o roedor acesse e consuma a isca sem removê-la do local, possibilitando assim a inspeção das iscas consumidas.

Pó de Contato.

Como o próprio nome já diz, este veneno para rato é em forma de pó (semelhante a um talco) age pelo contato ou ingestão do roedor com pó. Os produtos em pó geralmente são hidro-repelentes, ou seja, o pó repele a água impedindo que a mesma interfira na formulação e ação do produto. Desta forma pode ser aplicado em locais como buracos, tocas e esconderijos de roedores, além de caixas de esgoto e fiação.
Ao passar sobre o local onde o pó foi aplicado, o mesmo se adere a pelagem do roedor, sendo ingerido durante o ato do rato se lamber. A morte do roedor se dá entre 3 a 5 dias.

Além dos raticidas, existem formas de controle não tóxicas com : Ratoeiras Mecânicas, Ratoeiras Elétricas e Ratoeiras Adesivas (Placas de Cola). Estes mecanismos não utilizam nenhum tipo de veneno para atrair ou matar o roedor, ideal para utilização em residências e ambientes onde produtos químicos não podem ser utilizados. Além de serem mais seguros para pessoas e animais.

Veja também nossas dicas de  Como Acabar com os Ratos? 

Avalie esse artigo

Clique nas estrelas para avaliar

Classificação Média / 5. Quantidade de Votos

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar esta postagem.

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *